Romance na Toscana - Elizabeth Adler Romance na Toscana é o segundo livro da autora Elizabeth Adler que leio. A estreia, fez-se com a obra intitulada Casamento em Veneza e foi uma experiência muito positiva. Por isso mesmo, as expectativas para este segundo romance eram um pouco mais elevadas, não só por ter gostado do livro anterior mas também por ter consciência de que o livro tinha como cenário Toscana, em Itália. Itália é um dos países que mais gosto. Apesar de já o ter visitado, em especial a área de Florença e arredores, não foi nem de perto nem de longe tudo aquilo que queria ver dentro desta nação. No entanto, sempre que tenho a possibilidade de ler um livro com cenário italiano, faço-o com imenso prazer por saber que vou ter a oportunidade de ler descrições que me deixam com água na boca e com saudades de voltar para explorar muito mais que aquilo que fiz.E assim, lancei-me a este romance de Elizabeth Adler que prometia deixar-me extasiada, com o paraíso toscano. Nova Iorque é uma cidade estonteante. Sempre em movimento, ninguém pára para apreciar a beleza de um universo de betão criado pelo Homem, uma cidade que nunca dorme e que está sempre cheia de cores, movimento e vida. Dois nova-iorquinos: Gemma Jericho e Ben Raphael. Uma médica e um homem de negócios muito bem sucedido e também artista, quando tem tempo para o ser. Ambos vivem uma vida ocupada, sem tempo para aproveitam as boas coisas da vida. Ambos são pais solteiros e apesar de amarem as suas filhas com uma forte determinação, pouco tempo têm para elas devido às suas profissões exigentes. Gemma esconde um segredo, uma culpa que a atormenta todos os dias. É conhecida como uma donzela de gelo, celibatária há 3 anos, por motivos não totalmente conhecidos. Mas isto está prestes a mudar...A vida de Gemma, Livvie (a sua filha) e Nonna ( a mãe de Gemma) vai mudar completamente de rumo, após Nonna receber uma carta que a informa que tem uma herança a receber na aldeia de Bella Piacere, a sua terra natal. Esta herança consiste numa villa nesta pequena aldeia, que precisa de vários cuidados e precisa de ser remodelada com alguma urgência. E assim estas três mulheres metem-se a caminho de Itália, para poderem reclamar a sua herança. Aquilo que acabam por encontrar, ultrapassa todas e quaisquer expectativas e cada uma das três mulheres se apaixona tanto pela aldeia como pela própria villa que denota já algum cansaço. O problema é que Ben Raphael alega que é o proprietário legal da sua villa Piacere e tem os documentos que comprovam a sua afirmação segura. E agora, Gemma Jericho determinou Ben como seu inimigo nesta batalha de interesses, para determinar a quem, realmente, é que pertence a terra. Se à família Jericho, se à família Raphael. O problema é que a atracção entre os dois é inegável e veio complicar as coisas... de uma maneira que nenhum deles consegue perceber.Mais uma vez, fiquei surpreendida com a escrita de Elizabeth Adler. Não sabia ao certo o que poderia vir a encontrar, mas acabei por ficar admirada com a obra. A escrita da autora é muito fluída e permite que o leitor tenha uma leitura rápida bem como agradável. Os capítulos pouco extensos e os vários POV's (points of view - perspectivas; pontos de vista) permitem que o leitor não se canse muito da narrativa. A autora organizou o enredo de uma forma simples e intuitiva, que torna o ritmo de leitura muito dinâmico. Estou muito agradada com esta autora, embora tenha que referir que a sua obra anterior e esta são bastante diferentes. Casamento em Veneza é um policial romântico e este Romance na Toscana é um romance, que embora tenha algum mistério, tem um tom completamente distinto do anterior. Esta autora gosta muito de rechear os seus livros com descrições dos vários sítios por onde passa. É muito viajada e presenteia os seus leitores com um cheirinho de cenários idílicos, um pouco por todo o mundo. Com ela já viajei por Xangai, Paris, Veneza, Roma, Florença, Capri... sítios por onde a minha imaginação se pode perder de uma forma maravilhosa, tendo como guia as descrições maravilhosas que Adler faz. Pessoalmente gostei muito mais deste Romance na Toscana do que o livro anterior. Embora sejam ambos leituras fáceis e muito bonitas, este livro acabou por se revelar mais especial para mim. Tem uma história muito mais tocante, muito mais sentimental e o romance é bem mais bonito e romântico. Gostei muito de todas as personagens, acho que todas elas foram bem exploradas e a tal mudança de POV's fez com que pudesse conhecer de uma forma diferente cada um deles. Reitero o que disse na minha opinião de Casamento em Veneza, é uma autora que pela sua simplicidade consegue conquistar os seus leitores. Vou continuar a acompanhar os trabalhos desta autora, com grande prazer. Perfetto.